Quarta-feira, 2 de Fevereiro de 2011
Morte ao populismo

Tenho uma aversão a forwards de emails. Claro que não é ao instrumento em si, mas sim às correntes que os mails criam de pessoa para pessoa sem qualquer critério. No meio dessa enxurrada de lixo passam muitas vezes textos - opiniões deste ou daquele cronista que fazem algum sucesso entre os fanáticos do FW:. É interessante verificar, mais tarde, que pessoas de uma determinada área política reenviem para a sua lista de email artigos de alguém de outra área política completamente oposta. A que se deve isto? Ao populismo, claro.

Numa altura de crise, é fácil seduzir as pessoas com mensagens populistas, de solução aparentemente fácil e eficaz, desde que passe por atacar o poder, por um lado, ou as minorias ameaçadoras do status quo, por outro. É assim que ideias como a da redução do número de deputados triunfam. É assim que, sem pensar, sem qualquer critério, aceitamos uma ideia só porque ela parece aliviar a nossa tensão, quando o que ela está a fazer é precisamente o contrário. O populismo alimenta a nossa raiva contra o sistema, contra grupos específicos; faz-nos ter uma ideia errada da essencialidade das decisões políticas; aumenta a superficialidade do discurso e a ignorância das massas.

A responsabilidade dos partidos é reduzir o populismo no seu seio, e não o número de deputados. A responsabilidade dos partidos é apresentar comissões políticas com programas objectivos e claros em quem os militantes possam votar, e não presidentes com um staff desconhecido de spin doctors. A responsabilidade dos partidos é mudar o seu discurso e dar o exemplo de liderança. Porque nenhum email deve ser mais ouvido do que um líder.



publicado por jorge c. às 12:53
link do post | comentar | partilhar

Um blog de:
Jorge Lopes de Carvalho mauscostumes@gmail.com
pesquisa
 
arquivos

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

tags

todas as tags

blogs SAPO
visitas
subscrever feeds