Segunda-feira, 9 de Maio de 2011
A birra do vídeo

Ah ganda Benfica! Até os comemos! Entretanto o jogo acabou, a euforia passou mas eu estava muito entretido a comemorar a vitória final do grande Milan, do grande Infesta e do... Benfica no jogo com o Rio Ave. Nem me apercebi do que continuou a dar na TVi até aparecer José Castelo Branco. Mudei de canal e vi Marco Borges a ser entrevistado por Miguel Guilherme. Hesitei. O que será isto? No twitter um conjunto de cidadãos muitíssimo mal informados gritava contra a RTP, que era uma vergonha, que patati-patata. Esperei mais um pouco e vejo isto. Desatei à gargalhada. Obrigado senhor Deus por me teres dado a oportunidade de viver para ver este episódio que, para já, é a melhor cena de humor que vi em toda a minha vida. Quando voltei a olhar para o twitter, a gritaria continuava. "Uma vergonha, reallity shows na RTP"! Não queria acreditar. Eu achei que uma reacção imediata nos levaria a todos a pensar isso. Mas depois de duas ou três cenas pareceu-me mais do que evidente do que se tratava.

As pessoas não são só estúpidas. Também o são. Têm alguma dificuldade de relacionar e distinguir pequenos pormenores. A culpa não será totalmente delas. Mas, já será culpa delas levarem a vida tão a sério. Estão tão empenhadas no seu ressentimento que não têm tempo para rir com o que não é óbvio, com o que não lhes é apresentado em letras bem gordas a néon como "Humor".

É engraçado que tudo isto tenha acontecido no mesmo dia em que um conjunto substancial de palermas andou pelas redes sociais a tentar desconstruir um vídeo (já falámos nisto, já chega). A história de hoje, que ontem ainda era tímida, é que se trata de um vídeo patriótico. Até os Finlandeses foram bem mais sensatos na sua reacção. Isto merece-me dois ou três comentários.

Chamar patriótico a um video humorístico é, em si, todo um programa. Basta pensar ao contrário: se fosse um vídeo a gozar com a história de Portugal a reacção seria a mesma? Se a natureza do vídeo é humorística, toda a sua narrativa estará condicionada. Seja para quem o vê com orgulho ou com desprezo. A natureza das coisas é muito importante para as compreendermos. Eu vi muitos amigos histéricos de alegria e orgulho no seu país com o vídeo. É claro que também isso é uma palermice. Mas esse patriotismo bacoco que resulta de uma reacção não é o objecto em si próprio, é uma consequência possível, tal como o é o desprezo pelo mesmo objecto.

Este pequeno raciocínio é algo que deveríamos fazer em pouco tempo: 2 ou 3 segundos. A partir daí decidimos se gostamos ou não. O que não podemos fazer é entrar logo pela madeira adentro com reacções explosivas. Depois não voltamos atrás por orgulho, birra e carolice. E quando dermos por isso, perdemos anos de vida irritados com um disparate. Nosso, um disparate nosso.

Outra questão que se começa a valorizar é a do dinheiro dos contribuintes que foi usado para fazer o vídeo. É um vídeo institucional? Não sei se é. É verdade que foi apresentado num evento organizado por uma câmara municipal e apresentado pelo respectivo Presidente, mas não sei quem é que o pagou. Sei que num evento como as Conferências do Estoril é perfeitamente normal que se realizem este tipo de produtos: vídeos promocionais, publicidade institucional, entretenimento, etc. Com a quantidade de patrocínios que isto leva, falar em dinheiro dos contribuintes é de uma desonestidade sem dono. Depois de uns dias a falar da crise, este vídeo foi um alívio de entretenimento. Muita gente não sabe como isto nasceu e onde, mas há quem saiba e continue a insistir na mesma tecla. Se isto não é pura birrinha...

Enfim, já chega de falar deste assunto. Move on!


tags:

publicado por jorge c. às 12:34
link do post | comentar | partilhar

1 comentário:
De Daniel João Santos a 10 de Maio de 2011 às 22:56
A RTP está a repetir e em grande.


Comentar post

Um blog de:
Jorge Lopes de Carvalho mauscostumes@gmail.com
pesquisa
 
arquivos

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

tags

todas as tags

blogs SAPO
visitas
subscrever feeds