Sábado, 9 de Julho de 2011
Lixo

Ouvi há pouco Vitor Bento dizer que adjectivar as agências de rating, sem apresentar dados concretos que as contrariem, de nada vale. Os portugueses reagiram como se de um ataque patriótico se tratasse, mas não sabem se o seu Estado tem ou não capacidade para pagar a sua dívida. É verdade que as agências de notação financeira têm uma história recente que as descredibiliza. No entanto, ninguém nos garante que estamos em condições de responder às nossas responsabilidades. Sabemos que um plano de austeridade deveria acalmar os mercados ou, pelo menos, deveria dar-nos algum tempo para tranquilizar os nossos credores. Mas, também sabemos que esta austeridade é incompatível com o crescimento económico.

Os principais partidos portugueses têm-se atacado mutuamente, como se esta guerra fosse local, fosse entre a esquerda e a direita. Gente estúpida. O PS acusa o PSD de ter mudado de postura e de só agora criticar as agências de rating. O PSD acusa o PS de ter conduzido o país à bancarrota. Ambos ignoram a realidade.

Por um lado, o PS faz de conta que, enquanto esteve no governo, esteve sempre dentro do assunto. Ora, se o PEC 4 era o que estava no programa da troika, então o PS também aplicaria austeridade e esse mesmo PEC significava que os socialistas também não estavam seguros da capacidade de resposta. Seguindo uma política de austeridade, os socialistas também iriam travar o crescimento (que é o que defendem), mas certamente continuariam a discursar sobre "o problema sistémico do euro" como se nos últimos 6 anos não estivessem no governo e, como tal, dentro da discussão europeia. Conversa fiada e desonestidade intelectual - bem-vindos ao partido mais sectário do país.

O PSD na sua total ignorância das questões internacionais, como se viu ao longo da campanha, em que nem sequer no assunto tocou, vem agora abrir a cara de espanto por causa das agências que tanto o ajudaram a chegar ao governo. As reacções que se ouviram por aí são de uma indignação patriótica bacoca, serôdia, e de total incompreensão do que se está a passar. Bem-vindos ao partido menos preparado para governar do país.

Sei muito pouco de matéria financeira e económica. Mas, há uma coisa que ainda sei fazer: juntar dois mais dois. 



publicado por jorge c. às 13:03
link do post | comentar | partilhar

2 comentários:
De +1 a 11 de Julho de 2011 às 13:06
Discordo totalmente do primeiro parágrafo.
Para criticar esta última descida do rating é irrelevante saber se hoje o Estado Português tem ou não capacidade para pagar a sua dívida.

E digo isto por uma razão muito simples: ou as agências de rating discordam que a austeridade seja a saída da crise (e não parece ser este o caso, tendo em conta os pareceres que acompanharam a descida de há 2 meses); ou então o Estado Português já não tinha capacidade para pagar a sua dívida há 2 meses e deveria ter sido atribuído o grau de "lixo" nessa altura.

O que não se compreende é que, tendo a estabilidade política e a austeridade que reclamavam iniciado o seu percurso, as agências de rating digam que hoje Portugal é um risco maior que há 2 meses. Ou será que as agências de rating reclamavam esta austeridade e só agora se aperceberam que a austeridade não conduz ao crescimento económico?

Assim, ou as agências de rating estão efectivamente a tomar partidos na guerra entre o dolar e o euro, e como tal, devem ser atacadas, destruídas e responsabilizadas criminalmente, ou então já deviam ter classificado Portugal como lixo há muito tempo e, como tal, devem ser atacadas, destruídas e responsabilizadas criminalmente por prejudicarem gravemente os credores.


De jorge c. a 12 de Julho de 2011 às 23:54
+1, como é que se pode discordar totalmente de um parágrafo que se cinge a registar um conjunto de factos ou dúvidas?


Comentar post

Um blog de:
Jorge Lopes de Carvalho mauscostumes@gmail.com
pesquisa
 
arquivos

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

tags

todas as tags

blogs SAPO
visitas
subscrever feeds