Domingo, 9 de Outubro de 2011
Um faroeste

Não pode ser só um número minoritário de pessoas que assiste atónito ao que se passa na Madeira. Não posso crer que isso seja possível. Este inenarrável sentimento de impunidade face à política nacional, às autoridades e aos tribunais não pode continuar.

Não estou a discutir resultados eleitorais, nem mentalidades. Estou a falar de outra coisa: o mais básico cumprimento da lei.



publicado por jorge c. às 23:03
link do post | comentar | partilhar

4 comentários:
De Daniel João Santos a 10 de Outubro de 2011 às 21:31
ali até a lei tem autonomia em relação ao continente.


De táxi pluvioso a 11 de Outubro de 2011 às 03:11
A lei é para ser violada, ou num gostinho mais português, guitarrada.


De Filipe Reis a 11 de Outubro de 2011 às 12:34
Nos tempos que correm a Lei prevê e salvaguarda este tipo de imoralidade.


De Reimberg a 26 de Abril de 2013 às 05:22


Comentar post

Um blog de:
Jorge Lopes de Carvalho mauscostumes@gmail.com
pesquisa
 
arquivos

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

tags

todas as tags

blogs SAPO
visitas
subscrever feeds