Quarta-feira, 9 de Maio de 2012
Europa

Por estes dias, há quem defenda que o modelo europeu está definitivamente ultrapassado. Haverá alguma coisa para celebrar neste dia da Europa, ou será este o triunfo histórico dos eurocépticos?

É verdade que a história do continente se faz de conflitos e desentendimentos. É verdade que os povos são, por tendência, conservadores. Mas, tal como lembra George Steiner, há também factores de grande identificação entre os europeus - a cultura civilizacional e a proximidade. Construir um projecto europeu comum demora, com efeito, o seu tempo. Há adversidades circunstanciais e processos de mudança que têm de ser entendidos a longo prazo e não avaliados impulsivamente. Para isso, também serão necessárias boas lideranças.

O projecto europeu visa, sobretudo, uma harmonização da Europa e um modelo de crescimento e desenvolvimento comum, mais forte e competitivo. Mas para esse projecto, a liberdade, a dignidade e a oportunidade são fundamentais.

Dir-se-ia que, neste momento, todos os princípios basilares da União Europeia estão a ser ignorados por causa da crise das dívidas soberanas. Não o podemos negar. Então, pouco haverá para celebrar. Porém, sabemos que o esforço que todos temos de fazer para acresditar este projecto é uma luta diária, constante, pela nossa liberdade, pela democracia e pelo desenvolvimento sustentável. Esta é uma migalha de tempo, em comparação com a História de um velho continente, cheio de vícios e virtudes.

A integração europeia exige cedência de todos os Estados-membros. Mas, se é manifestamente impossível verificar a cedência de países economicamente mais fortes, não estaremos perante a utopia das sociais-democracias europeias? Se assim o for, será necessário agir, antes que a insistência num projecto falhado consuma a dignidade social dos povos e crie conflitos sociais incontroláveis.

O que se celebra hoje, em rigor, é a Paz. É preciso celebrar a Paz e construir a sua solidez. Celebre-se, então.

 


tags:

publicado por jorge c. às 13:15
link do post | comentar | partilhar

4 comentários:
De táxi pluvioso a 14 de Maio de 2012 às 05:28
Europa? ah um continente que era rico antigamente, lembro-me perfeitamente, agora é dos mais pobres (ficção real dentro de meio século). boa semana


De José Freitas a 31 de Maio de 2012 às 00:54
Este blog tem muito interesse.
Vejam também www.anticolonial21.blogspot.com



De José Freitas a 5 de Junho de 2012 às 16:00
A Censura anda muito activa nos comentários dos blogs. Espero que deixe passar este comentário.
Em www.anticolonial21.blogspot.com está a verdade inconveniente sobre a cópia de partes de «Cette nuit la liberté» por Miguel Sousa Tavares para o livro «Equador».


De táxi pluvioso a 17 de Julho de 2012 às 04:28
A Europa é o novo terceiro mundo, ou seja, um continente em vias de empobrecimento.


Comentar post

Um blog de:
Jorge Lopes de Carvalho mauscostumes@gmail.com
pesquisa
 
arquivos

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

tags

todas as tags

blogs SAPO
visitas
subscrever feeds