Quarta-feira, 18 de Julho de 2012
Madiba

Dou uma vista de olhos pelos jornais do costume. Nada. Faço uma busca no Google e lá me aparece um artigo muito sofrido. Parece que já ninguém quer saber do Dia de Nelson Mandela.

 

Vivemos um tempo em que celebrar o que somos deixou de ser uma prioridade. Celebra-se a efemeridade e o entretenimento. Mas, pouco se celebra a civilidade. Esquecemo-nos. Às vezes parece que se perdeu a memória histórica, ou que temos as coisas como garantidas ou, ainda, que nos é indiferente.

 

Pois a celebração da igualdade, da justiça, da dignidade, do respeito e da responsabilidade cívica nunca nos pode ser indiferente. Celebre-se, então, Mandela, pelo seu 94º aniversário.

 

Parabéns, Madiba!

 



publicado por jorge c. às 10:25
link do post | comentar | ver comentários (1) | partilhar

Quinta-feira, 12 de Julho de 2012
a única coisa que podemos dizer sobre o meio-século da maior banda de rock'n'roll do mundo é isto



publicado por jorge c. às 13:24
link do post | comentar | ver comentários (3) | partilhar

Sexta-feira, 6 de Julho de 2012
há toiros em vila franca

 

para o rogério. celebraremos por ti.



publicado por jorge c. às 13:03
link do post | comentar | partilhar

Quinta-feira, 5 de Julho de 2012
Onde está a ignorância

Todos nós sabíamos que Miguel Relvas era uma pessoa sem estudos. Tal como o são Passos Coelho, António José Seguro, Ricardo Rodrigues, entre outros. Não é preciso nenhum escândalo com Universidades para demonstrar isso. A sua linguagem é, já em si, uma linguagem vulgar, sem conteúdos, pouco ou nada reflectida. É natural que Miguel Relvas não tenha, sequer, durante a sua vida, lido um único livro. É natural que desconheça a utilidade do conhecimento, do debate, a curiosidade científica e a noção de desenvolvimento. 

Porém, Miguel Relvas teve essa oportunidade. Uma oportunidade que poucos têm de, a meio do percurso, cruzar-se com a possibilidade de adquirir mais conhecimento, alicerçar o seu pensamento, reforçar ideias. Desperdiçou-a. 

Por isso, quando acusam Relvas ou Passos de serem neoliberais e de tudo isto resultar da sua agenda política, eu refuto. Passos e Relvas não têm qualquer agenda, nem militam qualquer ideologia. São dois ignorantes, só isso. Pura ignorância. E inconsciência dessa ignorância. Faz alguma pena. Mas mais do que isso, assusta.



publicado por jorge c. às 13:48
link do post | comentar | ver comentários (3) | partilhar

Um blog de:
Jorge Lopes de Carvalho mauscostumes@gmail.com
pesquisa
 
arquivos

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

tags

todas as tags

blogs SAPO
visitas
subscrever feeds