Terça-feira, 25 de Maio de 2010
O silêncio fracturante II

Até que ponto é que alguém é capaz de ir, contra os seus próprios princípios, para defender um líder político ou uma governação? Até onde se banalizou a falta de ética e o desrespeito pelos valores democráticos?

 

Estas podem parecer questões menores. É natural que nos dias que correm já ninguém queira saber de questões éticas ou de política directa. Veja-se o caso do silêncio perante esta notícia e o barulho que foi por causa de Miguel Frasquilho (um deputado da oposição). Veja-se o caso dos gravadores de Ricardo Rodrigues. Veja-se o caso da deputada Inês de Medeiros ter dito que não via qualquer problema em Sócrates ter mentido no Parlamento. Veja-se o caso da desvalorização de instrumentos como a moção de censura. Veja-se o caso da ridicularização e do comprometimento ilegítimo do apuramento da verdade na comissão de inquérito sobre o negócio PT/TVI. Veja-se o caso da mudança de política em 15 dias e a desculpabilização constante durante 5 anos e, dentro disto, os avisos feitos pela oposição que foi sendo achincalhada alarvemente pelos vários cães de fila.

 

É neste sentido que vão, portanto, as minhas questões iniciais. Até que ponto se aguenta esta mentalidade política? Até quando se consegue defender ou calar perante o indefensável?

 

Compreendo que haja uma missão de protecção de uma determinada elite política. Compreendo a existência do sectarismo. Só não me peçam para o respeitar. Não posso respeitar aquilo que não se dá ao respeito e que viola valores conquistados a muito custo. O fim começa por aqui.



publicado por jorge c. às 13:07
link do post | comentar | partilhar

1 comentário:
De NanBanJin a 25 de Maio de 2010 às 15:49
E é por estas e muitas outras que eu optei pelo exílio.


Um Grande Abraço do Japão,
NBJ


Comentar post

Um blog de:
Jorge Lopes de Carvalho mauscostumes@gmail.com
pesquisa
 
arquivos

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

tags

todas as tags

blogs SAPO
visitas
subscrever feeds