Sexta-feira, 28 de Maio de 2010
Necessidade e consequência

Vasco Campilho parece estar muito entusiasmado com os resultados de uma sondagem que dá quase maioria absoluta ao PSD. Pois eu não sei se isso será assim tão positivo.

O problema com estes resultados, nesta altura precisa, é que eles evidenciam uma consequência política e não uma necessidade. Se fosse uma necessidade não seria o PSD de Passos Coelho a estar em tal destaque já que, como temos vindo a ver, não obstante a assunção de partilha de responsabilidades que lhe competia, o líder do PSD tem sido calculista no sentido eleitoral. Assim foi com o TGV, assim foi com a comissão parlamentar de inquérito e assim tem sido relativamente a inúmeras matérias das quais se destaca a matéria de impostos.

Ora, nós não necessitamos de um Primeiro-ministro que seja politicamente calculista. Nós necessitamos de alguém que tenha total convicção no que está a fazer e não esteja tão preocupado com o modo de o fazer. Nós necessitamos de firmeza na liderança e não de plasticina política moldável ao sabor das circunstâncias.

Tudo o que acontecer será, então, uma mera consequência das circunstâncias e não uma afirmação convicta da vontade soberana. Será apenas cansaço, o que não contribui em nada para a consciência.

Se o Vasco fica satisfeito pela vitória através do cansaço, eu não.



publicado por jorge c. às 11:17
link do post | comentar | partilhar

3 comentários:
De clara a 28 de Maio de 2010 às 11:39
o vasco fica satisfeito pela vitória que é quase pessoal. como lá chega é tinto. e bem cheio.


De Luis Melo a 28 de Maio de 2010 às 13:35
Não me parece, pela leitura do post do Vasco, que ele esteja assim tão entusiasmado. Ficou contente, é normal, mas não excitado.

Quanto ao resto, concordo plenamente com o Jorge


De jorge c. a 28 de Maio de 2010 às 13:46
Não me referia em relação à maioria absoluta mas à provável substituição governamental. É notório o entusiasmo do Vasco nesse aspecto, senão não teria feito logo 2 ou 3 posts sobre o assunto e logo um no 31 para avisar "os seus amigos". Só uma grande ingenuidade não vê a evidência desse entusiasmo.
E não digo que não seja legítimo. O Vasco andou meses a fazer spinning para que isso acontecesse. É natural que esteja satisfeito. O meu post nada tem que ver com isso. É meramente político.


Comentar post

Um blog de:
Jorge Lopes de Carvalho mauscostumes@gmail.com
pesquisa
 
arquivos

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

tags

todas as tags

blogs SAPO
visitas
subscrever feeds