Sexta-feira, 4 de Junho de 2010
Significados II

Quando é a própria autoridade a prevaricar sabemos que chegámos ao ponto sem retorno e que, agora, só um grande tiroteio para nos voltarmos a erguer. Pelo menos parece-me ser essa a única solução para nos livrarmos de um tempo onde o princípio da não-retroactividade não é respeitado e ainda é instrumentalizado, quando uma ilegalidade se torna numa situação normal para o Estado e este ainda o desvaloriza e quando a opinião pública parece indiferente, conformada.

É claro que não podemos estar à espera de muito melhor porque os nossos pistoleiros são de 2ª categoria. Mas este Xerife já mete um bocado de nojo de tanto tiro no pé que dá, sendo que o pé dele, em rigor, é nosso.



publicado por jorge c. às 09:03
link do post | comentar | partilhar

1 comentário:
De José Correia a 5 de Junho de 2010 às 19:16
É uma pena que realmente continuemos não a ter pistoleiros de 2ª categoria, mas sim pistoleiros que acham que são de 2ª categoria, e assim estão à espera do Bandido-Caído-do-Céu que seja melhor que o Xerife. O D. Sebastião não vai voltar (e se voltar, provavelmente não saberá usar uma pistola) e salvar a malta toda. O resultado, para quem conhece minimamente a realidade portuguesa, é a ideia conformista, conformada e mediocremente egoísta que só servimos como pistoleiros para cometer pequenos actos de banditismo interno que só nos canibaliza e enterra como país e como comunidade. Enquanto o "lorpa" for o indivíduo que respeita as normas, as leis, paga impostos e distribui dividendos perante aquilo que é legalmente exigível, e o "chico-esperto" o indivíduo que não passa facturas, que não paga impostos, que adquire metade (ou mais) dos seus pertences de forma no mínimo semi-ilícita, não vamos a lado nenhum que seja desejável. E por assim ser, o nosso querido Teixeira dos Santos sabe que tem de taxar ainda mais (e retroactivamente, que é uma abominação a vários níveis) os "lorpas", porque os "chicos-espertos" não vão pagar e não, por isso pouco lhes importa retroactividades ou ilegalidades do Estado. Estes se pudessem fariam o mesmo.

Em suma: Lorpas, unam-se, ganhem coragem, e deixem de ser pistoleiros de 2ª, que este país bem precisa de correr com os bandidos de meia-tigela e de meter o Xerife na linha.


Comentar post

Um blog de:
Jorge Lopes de Carvalho mauscostumes@gmail.com
pesquisa
 
arquivos

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

tags

todas as tags

blogs SAPO
visitas
subscrever feeds