Sexta-feira, 18 de Junho de 2010
Não há tempo

Foi Saramago que deu o nome a este blog. A sua morte é por aqui encarada não só com todo o respeito que um bom rival merece, mas também com a tristeza de ver partir um bom escritor, alguém que escreve algo que nos marca, tanto estilística como literariamente, não obstante outros dislates e despropósitos. Saramago era um homem rancoroso com o mundo, com Deus, de que tanto falava enquanto dizia não acreditar, e por isso desejo apenas que encontre a paz que nunca quis ter por manifesta insatisfação.



publicado por jorge c. às 13:13
link do post | comentar | partilhar

2 comentários:
De Daniel João Santos a 18 de Junho de 2010 às 22:51
fica a obra, como é normal que se diga e que grande obra.


De Anónimo a 20 de Junho de 2010 às 20:02
Lembro este poema de Saramago:

Signo de Escorpião

Para ti, saberás, não há descanso,
A paz não é contigo, nem fortuna:
O signo assim ordena.
Pagam-te os astros bem por essa guerra:
Por mais curta que a vida for contada,
Não a terás pequena.

In: Poemas Possíveis (1998)

Esta consciência da impossibilidade da paz é aqui associada, por Saramago, a um alinhamento astral. Curiosa esta perceção de um céptico...


Comentar post

Um blog de:
Jorge Lopes de Carvalho mauscostumes@gmail.com
pesquisa
 
arquivos

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

tags

todas as tags

blogs SAPO
visitas
subscrever feeds