Sábado, 14 de Agosto de 2010
The Band

O que distingue um hype de um valor seguro, na música pelo menos, é a revelação. Para que alguém se torne um valor seguro é, portanto, necessário que se revele ao mundo como algo perfeitamente novo. Nem sequer se fala aqui no factor originalidade enquanto característica do trabalho. Basta ser uma voz diferente, basta a estrutura harmónico-melódica trazer nova respiração ou o crossover das influências trazer uma nova sonoridade.

Acontece que há 50 anos atrás tudo isto aconteceu com aquela que nasceu como a primeira banda de rock, pelo menos na estrutura como conhecemos hoje a música popular. O mundo estava habituado a artistas solo, big bands, quintetos e sextetos liderados por uma, no máximo duas figuras. O pós-guerra tinha trazido a música e parte significativa da estética cultural americana. Porém, o folk mantinha-se na formação dos novos músicos ingleses. O seu lado cançonetista viria sempre à tona.

É evidente que o cenário era propício. Mas, não deixa também de ser evidente que só com inteligência, personalidade e qualidade se transforma tudo isso em talento e num espólio de dezenas e dezenas de canções que seguramente fazem parte da banda sonora de milhões de pessoas por todo o mundo de há 50 anos para cá.

Será, portanto, natural falarmos de Beatles como "A Banda", como o berço da música popular contemporânea tal como a conhecemos, do mais simples dos poemas que torna a sua própria narrativa na nossa narrativa.

 



publicado por jorge c. às 10:07
link do post | comentar | partilhar

2 comentários:
De Pao Metálico a 15 de Agosto de 2010 às 00:06
Finalmente. A vantagem de ter o dobro da tua idade.
Eu ouvi esta música na altura do seu lançamento (bem como o outro lado A do single) em diretinho através da Radio Caroline.

Mas pronto, para puto, não estás mal. Até estás bastante bem.

»...Life is very short...«


De alexandre carvalho da silveira a 16 de Agosto de 2010 às 19:41
Esta musica apareceu nos finais de 1965, ou principios de 66, já não me recordo muito bem, não tenho a memoria do Pão Metalico.
Mas estas bandas inglesas do principio dos 60s apareceram inspiradas na musica dos negros americanos, como Chuck Berry, Muddy Waters, Litle Richard, e muitos outros que eram segregados nas radios para brancos nos USA, portanto longe do grande publico com poder de compra. Foram os miudos ingleses que os divulgaram.
Chegados aqui, pese embora todo o respeito que os Beatles me merecem, tenho que dizer que "A BANDA", são os Rolling Stones.
A dupla Jaegger/Richards, andava a 200 à hora, e Lennon/Macartney ainda iam a 120.
Satisfation, é a musica rock do seculoXX.


Comentar post

Um blog de:
Jorge Lopes de Carvalho mauscostumes@gmail.com
pesquisa
 
arquivos

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

tags

todas as tags

blogs SAPO
visitas
subscrever feeds