Quinta-feira, 19 de Maio de 2011
Da democracia

Sempre entendi que a democracia é um sistema inclusivo e solidário, porque vincula os eleitores nas suas escolhas, mediante a responsabilidade dos que votam nos vencedores (que irão governar) e o respeito dos restantes (que aceitam a escolha da maioria).

 

Ler o Paulo, sempre.



publicado por jorge c. às 13:34
link do post | comentar | ver comentários (1) | partilhar

Domingo, 8 de Maio de 2011
Leituras de Domingo

Sobre a morte de Bin Laden, um post que aguardava há uns dias e que acabou por se confirmar para sorte de todos nós. É ler quem sabe do que fala. De leitura obrigatória, este texto do Prof. Azeredo Lopes.


tags:

publicado por jorge c. às 13:07
link do post | comentar | partilhar

Terça-feira, 22 de Março de 2011
No fundo, é isto

Estas eleições são um crime porque acontecem no pior dia possível, ameaçando o sucesso da própria cimeira do euro que nos ia acudir. Estas eleições são um crime porque Portugal tem até Junho dez mil milhões de euros para pedir emprestados, porque a banca está em stress, porque as empresas públicas estão a ficar sem dinheiro. Estas eleições são um crime porque vão produzir meses de foguetório político para eventualmente chegar a minorias e inviabilidade negocial entre PS e PSD. Estas eleições são um crime porque são contra o interesse nacional, contra os portugueses, contra a sensatez. Se é crime, há culpado e não é preciso jogar Cluedo: Sócrates foi o primeiro responsável por esta crise política, como admitiu ontem Luís Amado, fosse por calculismo político ou por cegueira não ensaiada. Passos Coelho podia ter evitado a crise, se engolisse outro elefante, e pode mesmo perder nestas eleições o que ganharia noutras daqui a mais tempo. Ou seja: depois da ajuda externa que ainda não chegou mas já partiu.

 

Pedro Santos Guerreiro, no Jornal de Negócios



publicado por jorge c. às 23:39
link do post | comentar | ver comentários (1) | partilhar

Sábado, 19 de Fevereiro de 2011
Tipo

In 1985, I thought of “like” as a trite survivor of the hippie sixties. By itself, a little slang would not have disqualified the junior from NYU. But I was surprised to hear antique argot from a communications major looking for work in a speechwriting office, where job applicants would normally showcase their language skills. I was even more surprised when the next three candidates also laced their conversation with “like.” Most troubling was a puzzling drop in the quality of their writing samples. It took six tries, but eventually I found a student every bit as good as his predecessors. Then came 1986.



publicado por jorge c. às 11:35
link do post | comentar | partilhar

Terça-feira, 25 de Janeiro de 2011
Petições

Não tinha dado por este post de Luis Menezes Leitão no Delito. É um texto que vale a pena ler. É claro que gostei em particular do parágrafo dedicado à petição do Correio da Manhã que, de uma forma inexplicável, continua a ser assinada por uma série de notáveis. Mais um aviso sério às consequências da demagogia e do populismo.



publicado por jorge c. às 17:41
link do post | comentar | partilhar

Segunda-feira, 17 de Janeiro de 2011
Das reflexões

A sensação com que fico muitas vezes é a de que estou a ser ignorado. Não há sensação pior do que essa. Quando escrevemos em blogs ou nas redes sociais fazêmo-lo para sermos ouvidos. Mas, o mundo online parece estar mais preocupado em concordar ou discordar do que em reflectir. Nietzsche dizia que muitas vezes recusamo-nos a aceitar uma ideia apenas porque a forma como é exposta não é do nosso agrado. Por isso, fazer um blog que tem por objectivo principal pensar os costumes é um esforço inglório.

Lembrei-me disto quando li este post do CJT. No fim do texto não sei se concordava ou não. Não é certo que tenha sempre certezas e esteja seguro de que vou ter uma opinião para dar ao mundo. Sou um entusiasta e não um narcisista. Cheguei à conclusão que ainda acredito que leio para pensar e não para confirmar as minhas pancas ou para combater inimigos.

Obrigado ao Carlos, por isso.



publicado por jorge c. às 10:58
link do post | comentar | ver comentários (3) | partilhar

Quarta-feira, 12 de Janeiro de 2011
A ler

Este excelente post de Carlos Loureiro sobre a inenarrável petição do Correio da Manhã, que também sugere esta leitura.



publicado por jorge c. às 13:33
link do post | comentar | partilhar

Terça-feira, 30 de Novembro de 2010
Mais leitura

Não posso deixar de destacar este artigo de Sérgio Figueiredo no Jornal de Negócios que vai muito ao encontro daquilo que tenho vindo a dizer no que respeita ao essencial e ao acessório do nosso pensamento político. Em rigor, é disto que estamos a falar - a forma como encaramos a nossa sociedade, o modo como distinguimos o essencial do acessório sem demagogia e populismo e as suas consequências práticas nas realidades sectoriais. Não sei se já disse isto hoje, mas vivemos um tempo propício a estas coisas.



publicado por jorge c. às 16:54
link do post | comentar | partilhar

A ler

Muita tinta tem corrido à custa da coscuvilhice. Desta vez a dita é internacional.

Vale a pena, então, ler este texto de Francisco Seixas da Costa que diz praticamente tudo o que há a dizer sobre a gravidade do assunto. E já agora, dêem uma vista de olhos ao texto de Pedro Lomba no Público de hoje (sem link) que mata dois coelhos de uma cajadada só.

Resta-me reforçar algo que já aqui disse: este é um tempo propício a demagogia e populismo.



publicado por jorge c. às 16:23
link do post | comentar | partilhar

Quinta-feira, 25 de Novembro de 2010
Contra a violência de género

Felizmente, a minha falta de tempo é compensada por este grandioso post do Rui. Devemos todos agradecer-lhe por ter perdido um bocadinho do seu tempo para escrever as palavras certas para o melhor dos motivos.

Não haja desculpas.

 

 

Este post é tão uma dedicatória.



publicado por jorge c. às 18:12
link do post | comentar | partilhar

Terça-feira, 9 de Novembro de 2010
"Serviço e Público"

Isto é, o serviço público não pode ser secundarizado em prol de outras coisas. Quem não quer isto, pura e simplesmente não se dedica ao serviço público.

Um bom post do João Gonçalves.


tags:

publicado por jorge c. às 20:59
link do post | comentar | ver comentários (1) | partilhar

Segunda-feira, 4 de Outubro de 2010
A ler

Este post sobre cidadania - a nossa - e não outra coisa qualquer. Para nos lembrarmos do que fomos, do que somos e para onde podemos estar a caminhar.

 

Via Shyznogud.



publicado por jorge c. às 15:19
link do post | comentar | partilhar

Terça-feira, 28 de Setembro de 2010
Leitura obrigatória

Este post do Funes.


tags:

publicado por jorge c. às 19:42
link do post | comentar | partilhar

Domingo, 12 de Setembro de 2010
A ler

A Irene Pimentel, mais uma vez (qualquer dia crio uma etiqueta com o nome dela).

Neste post, a Irene faz a gentileza de inserir afirmações num contexto histórico e factual e não inventa comparações descontextualizadas e extemporâneas. Estou sempre a aprender com a Irene. Note-se, também, a questão que coloca inicialmente no que diz respeito ao formato entrevista para um historiador, feito nos termos em que o foi. Isto é muito relevante. Valorizar uma afirmação nesse contexto como uma coisa escabrosa é, no mínimo, pateta, para todos os lados. Haverá certamente um livro que justifique o que o autor disse. Algo que tenha que ver com o contexto histórico aqui narrado pela Irene Pimentel. Mas alguém leu a biografia? Por que é que se está a entrar nesta vaga de tratar a entrevista como se fosse a biografia em si mesma?

Já agora, eu também podia colocar a questão como "Salazar fascista?". A seguir tinha de ir perguntar a historiadores como o Prof. Rosas que disparate era esse. Tanto preciosismo político para umas coisas e para outras nicles batatóides. Vai ficar tudo bem.


tags:

publicado por jorge c. às 10:32
link do post | comentar | partilhar

Quinta-feira, 2 de Setembro de 2010
A ler

A esquerda muito fez, não tanto para levar o Emergente a odiar o Ocidente (ignorando por agora o abominável prefácio de Sartre ao livro de Fanon), mas para o Ocidente se odiar a si mesmo. O que é especialmente absurdo quando o Ocidente, mais do que qualquer outro ponto do mundo, corporiza os tesouros da esquerda: os direitos do homem, o Estado-Providência, a democracia política. Agora dizem-nos que o velho Ocidente não crê em si mesmo. Que não confia em si mesmo. E, pergunto eu, quem pode censurá-lo?

 

Continuo a considerar o Miguel Morgado o melhor comentador político da blogosfera. Sou suspeito porque me revejo na maioria qualificadíssima das suas posições. Ainda assim, arrisco a consideração pela lucidez. Hoje, quando li este mesmo artigo na minha fatigada hora de almoço, pensei exactamente sobre a mesma questão. Ao início quase que estava disposto a citar Carrilho, mas depois foi o que se viu.



publicado por jorge c. às 18:31
link do post | comentar | ver comentários (1) | partilhar

Segunda-feira, 16 de Agosto de 2010
A seguir..

... esta série dedicada aos 50 anos da Guerra Colonial, por Irene Pimentel, alguém por quem nutro imenso respeito e admiração, de dia para dia, sempre um pouco mais; alguém com quem só se pode aprender.



publicado por jorge c. às 22:57
link do post | comentar | partilhar

Domingo, 8 de Agosto de 2010
A ler...

Mas, mesmo que se desse razão ao PGR, é absolutamente inaceitável que num estado de Direito qualquer titular de um cargo público apareça a reclamar das competências que tem, as quais resultam directamente da lei. As pessoas, quando aceitam cargos públicos, sabem quais são as competências que possuem, e devem actuar no estrito quadro da mesmas. Se entendem que esse quadro não é adequado, não devem sequer aceitar o cargo. Discutir o enquadramento da competência do PGR e o papel que deve ter o Ministério Público é tarefa para os políticos e não para o PGR em funções, que tem o dever de permanecer alheio a essa discussão e muito menos deve entrar em polémica com os sindicatos dos profissionais sob a sua tutela.


tags:

publicado por jorge c. às 11:10
link do post | comentar | ver comentários (1) | partilhar

Domingo, 1 de Agosto de 2010
A ler...

Este post do Carlos Botelho com o qual concordo a 100%.



publicado por jorge c. às 10:35
link do post | comentar | partilhar

Terça-feira, 6 de Julho de 2010
por una cabeza

Deus e o Paraíso explicado aos medíocres por JPB.



publicado por jorge c. às 10:19
link do post | comentar | partilhar

Segunda-feira, 14 de Junho de 2010
A ler...

este post simples, claro mas nem por isso menos magnífico do Rui Herbon. Cada vez mais um blogger de estimação.


tags:

publicado por jorge c. às 17:55
link do post | comentar | partilhar


Um blog de:
Jorge Lopes de Carvalho mauscostumes@gmail.com
pesquisa
 
arquivos

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

tags

todas as tags

blogs SAPO
visitas
subscrever feeds