Sexta-feira, 26 de Agosto de 2011
Não te deixarei morrer, meu querido blog

Não ter tempo é uma coisa muito relativa. Não ter disponibilidade mental é outra coisa. E há alturas em que não temos mesmo essa disponibilidade; em que, simplesmente, não nos conseguimos concentrar em algo. Não me apetece. A vítima é este blog. Mas não me atrevo a deixá-lo, não vá a dona da internet deixar de falar comigo, já que andaram a fazer um poiso tão catita para agora o malandro dar de frosques, como o puto que vai a casa da avó lanchar, aborrece-se e pira-se. Aqui, sim, é uma questão de tempo. Até porque o panorama é chato. Discute-se o enxofre dos dias e o fim do mundo em cuecas (sempre gostei da expressão e abuso as vezes que forem precisas). Já lá vai o tempo - no meu tempo é que era - em que se podia ser maçador e, ainda assim, ter atenção, escrever micro-ensaios sobre questões absurdas e caricatas, e falar dessa estaca de madeira para os mais sofisticados que é o amor entre as espécies. Mas, perder um blog não é deixá-lo assim ao abandono, como tem acontecido com este; não é perder leitores ou deixar o tempo correr pelo html como uma bola de cotão. Perder um blog é ficar sem ele de um momento para o outro, abruptamente, sem despedidas ou backups. Deixámos lá a memória. Enquanto o guardamos religiosamente, a memória fica salva, acompanhando todo e qualquer tempo com significados bem definidos. Guardo um velho casaco no armário (como se o pudesse vestir) e com ele - e com ela -  uma memória que é minha, só minha. É como um post, ou este poema de Jonathan Galassi. Perder um blog é como perder um filho virtual que criámos, alimentámos e vimos crescer. E com ele fomos crescendo. Um drama. Guardo, agora, este blog como um segundo ou terceiro filho para o qual não tenho, de momento, disponibilidade. Mas, desta vez, prometo-te: não te deixarei morrer, meu querido blog.


tags:

publicado por jorge c. às 00:33
link do post | comentar | ver comentários (3) | partilhar

Domingo, 27 de Março de 2011
They are back

Um dos meus blogs preferidos está de volta após ausência prolongada sem o tom trágico daquela forma muito pudica de revelar doenças em horário nobre. O Sinusite Crónica conta com alguns dos meus bloggers de eleição nessa modalidade ancestral que é escrever bem sobre a o quotidiano. Cada um a seu jeito. Sejam tão bem-vindos de novo!


tags:

publicado por jorge c. às 17:46
link do post | comentar | partilhar

Quinta-feira, 17 de Fevereiro de 2011
Hey bloggers, rock'n'roll!

Se calhar sou suspeito porque nunca agendei um único post. Nem sequer os edito, quanto mais. Tudo ao molho e fé em Deus, é a política que sigo desde sempre e que julgo que maior parte dos bloggers segue. Acima de tudo é a espontaneidade e a explosão do momento que dá brilho aos blogs, que lhes dá graça. Ninguém nos paga para aqui estar, isto não é um frete. Um blog não pode ser nada de demasiado sério, a não ser para quem tenha pretensões de saltar para outra plataforma: televisão, rádio ou colunas de jornais.

Por isso, está errado Rui Passos Rocha quando ensaia aqui uma retórica pró-editing e a reforça aqui com uma ajudinha. Ninguém vai de matéria estudada para o café para discutir as notícias de ontem, nem faz um estudo profundo antes de ir para o teatro ou ao cinema para no fim fazer observações sobre o que viu. Ninguém dá um espaço de dois ou três dias para dizer o que pensa sobre qualquer matéria numa conversa com amigos só para centrar ideias. A vida comum é feita de espontaneidade. A blogosfera tem mais a ver com a vida comum do que com um academismo forçado e pretensioso.

Em bom rigor, esta discussão nem faz sentido porque ninguém se pode arrogar o direito de definir a forma como os outros blogam ou deixam de blogar. Era só o que mais faltava!


tags:

publicado por jorge c. às 11:16
link do post | comentar | ver comentários (3) | partilhar

Segunda-feira, 17 de Janeiro de 2011
Das reflexões

A sensação com que fico muitas vezes é a de que estou a ser ignorado. Não há sensação pior do que essa. Quando escrevemos em blogs ou nas redes sociais fazêmo-lo para sermos ouvidos. Mas, o mundo online parece estar mais preocupado em concordar ou discordar do que em reflectir. Nietzsche dizia que muitas vezes recusamo-nos a aceitar uma ideia apenas porque a forma como é exposta não é do nosso agrado. Por isso, fazer um blog que tem por objectivo principal pensar os costumes é um esforço inglório.

Lembrei-me disto quando li este post do CJT. No fim do texto não sei se concordava ou não. Não é certo que tenha sempre certezas e esteja seguro de que vou ter uma opinião para dar ao mundo. Sou um entusiasta e não um narcisista. Cheguei à conclusão que ainda acredito que leio para pensar e não para confirmar as minhas pancas ou para combater inimigos.

Obrigado ao Carlos, por isso.



publicado por jorge c. às 10:58
link do post | comentar | ver comentários (3) | partilhar

Domingo, 16 de Janeiro de 2011
Comentário 51

É indiscutivelmente um grande início de ano para a bloga com o aparecimento deste novo lugar de exposição do ridículo. A net está cheia de gente doente da cabeça e afectada, de ignorância e falta de consciência mórbida. Por vezes tem piada, outras vezes é assustador. Se há coisas em que nem devíamos pensar, quanto mais dizê-las. Mas fazer um blog destes não é fácil. Tem de haver um distanciamento total no âmbito das nossas preferências (culturais, políticas, religiosas, etc.). Daí nem todos estarem à altura do desafio por confundirem humor com as suas preferências.

 

Aí está o Comentário 51. A seguir.


tags:

publicado por jorge c. às 12:32
link do post | comentar | partilhar

Quarta-feira, 5 de Janeiro de 2011
Amiguismo

2011 começa muito bem com o novo blog do Fausto. Italianices is what's happening.


tags:

publicado por jorge c. às 20:52
link do post | comentar | ver comentários (1) | partilhar

Quinta-feira, 16 de Dezembro de 2010
Guantanamo - falar do que se sabe

Foi meu professor. Tínhamos um problema: ele queria que eu estudasse Direito Internacional e eu queria estudar Relações Internacionais. Tive de ceder. Não sem antes dizer que eu era cínico demais para a idade que tinha. Bem, eu só disse que era perigoso o envolvimento do Mestre João Zoio nos negócios angolanos (na altura do caso Moderna). É verdade, porra! Por isso fiz um blog, para poder ser cínico à vontade.

 

Agora ele também fez um e acaba de dar uma liçãozinha daquelas que nos dava, a nós alunos, por termos a mania que éramos espertos. Naquela altura tínhamos idade para ser humilhados. Chega-se a uma certa idade em que isso é ridículo.



publicado por jorge c. às 09:22
link do post | comentar | ver comentários (1) | partilhar

Domingo, 8 de Agosto de 2010
Matem os blogs de comentário político

João Villalobos e Luís Naves têm blog novo. Chama-se Emoções Básicas e à partida pode ser facilmente confundido com um blog de uma quarentona deprimida com falta de sexo que projecta isso mesmo no seu intimismo lamechas. Mas não. Parece que os cavalheiros decidiram finalmente partilhar com o mundo algo que fazem muito melhor do que comentário político. Sem desfazer, por amor de Deus. Passem por lá. Aprende-se sempre qualquer coisa.


tags:

publicado por jorge c. às 11:00
link do post | comentar | partilhar

Terça-feira, 1 de Junho de 2010
Os fascistas e os terroristas

Parte da blogosfera portuguesa está muito irritada com outra parte da blogosfera portuguesa por causa de mais uma crise na questão israelo-árabe. Parece que é em Portugal que se vai resolver o assunto e, em particular, na blogosfera.. Eu tentei tomar um partido, mas ainda estou de boca aberta com a palermice.



publicado por jorge c. às 13:25
link do post | comentar | ver comentários (2) | partilhar

Quarta-feira, 12 de Maio de 2010
é o noddy, abram alas

O Vieira cedeu à pressão do imperialismo bloguístico e juntou-se à sapo na mesma semana da visita do Papa, o que poderá significar muita coisa, mas eu nem sou a Palmira Silva nem sou o Pedro Arroja. Portanto, era só isso. E já agora comam muitos legumes e bebam muita águinha que isto não está para brincadeiras. Não se brinca com a saúde.


tags:

publicado por jorge c. às 12:38
link do post | comentar | partilhar

Quinta-feira, 22 de Abril de 2010
Novidades

Já estão disponíveis na coluna da direita duas listas de links de media (nacional e internacional) e que servem mais para me facilitar a consulta diária do que propriamente para mostrar o meu grau de modernidade. Sou moderno e informado, é verdade, mas mais do que isso sou desorganizado e isto ajuda muito. As listas sofrerão alterações com o tempo, claro.

 

E no mesmo sentido, foram acrescentados mais dois blogs à barra lateral. Aqui é assim, primeiro acrescenta-se à barra lateral e depois sugere-se. Manias. São, de facto, dois blogs muito interessantes. O 2711 é um bom blog de actualidade, directamente da invicta. The Last Nan Ban Jin é um interessante blog de um português no Japão - uma excelente janela. Passem por lá, não se armem em pretensiosos.


tags:

publicado por jorge c. às 18:15
link do post | comentar | ver comentários (4) | partilhar


Um blog de:
Jorge Lopes de Carvalho mauscostumes@gmail.com
pesquisa
 
arquivos

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

tags

todas as tags

blogs SAPO
visitas
subscrever feeds