Sábado, 5 de Março de 2011
Memória em estado sólido



publicado por jorge c. às 15:08
link do post | comentar | ver comentários (1) | partilhar

Sábado, 26 de Fevereiro de 2011
Rumba de Sábado à noite



publicado por jorge c. às 18:56
link do post | comentar | partilhar

Sábado, 19 de Fevereiro de 2011
rumba de barba rija



publicado por jorge c. às 12:27
link do post | comentar | ver comentários (1) | partilhar

Sábado, 12 de Fevereiro de 2011
rumba do desprezo

 

 

"Keep on in the jungle with your techno-cality
Keep on lapping up your chemical duty-free
'Cause I'm not worried about your state of mind
'Cause you're not the revolutionary kind"



publicado por jorge c. às 14:41
link do post | comentar | partilhar

Sábado, 5 de Fevereiro de 2011
rumba geopolítica



publicado por jorge c. às 15:01
link do post | comentar | partilhar

Sábado, 29 de Janeiro de 2011
au revoir, zé pedro

Nunca nos conhecemos. Há quase dois anos que nos namorávamos de post em post, de dedicatória em dedicatória. Era como um velho amigo, mas um amigo de letras, da bondade e da beleza das frases. Cultivei por ele um respeito e uma admiração difíceis de acontecer sem uma relação pessoal. Tal como eu, gostava dos pormenores dos despropósitos e via o que a cortina escondia da grande cidade. Sempre sem rancor. Talvez por isso não encontre melhor canção.

 



publicado por jorge c. às 12:46
link do post | comentar | ver comentários (1) | partilhar

Sábado, 15 de Janeiro de 2011
rumba de sábado à noite
Tenham um bom fim-de-semana.


publicado por jorge c. às 11:38
link do post | comentar | ver comentários (4) | partilhar

Sexta-feira, 7 de Janeiro de 2011
Correrias

Muita coisa há a dizer sobre assuntos mas a minha vida é um festival de cinema pelo que terão de esperar até Domingo ou Segunda. Entretanto, podem ler a resposta que o Prof Azeredo Lopes teve a amabilidade de me dar por absoluta compaixão, como poderão ver. Ainda assim eu fico agradecido porque uma pessoa na minha posição quer é aparecer e, no fundo, só precisa de atenção. Responderei com mais calma porque a conversa vale a pena. Até lá, fiquem com cultura.

 

~



publicado por jorge c. às 18:44
link do post | comentar | partilhar

Sábado, 18 de Dezembro de 2010
rumba imortal

 

Toda a gente queria fazer música como os Nirvana ou como os Clash. Eu queria fazer como o Captain Beefheart. So long!



publicado por jorge c. às 10:31
link do post | comentar | ver comentários (2) | partilhar

Sábado, 11 de Dezembro de 2010
rumba de sábado à noite



publicado por jorge c. às 13:22
link do post | comentar | ver comentários (1) | partilhar

Sábado, 4 de Dezembro de 2010
rumba actualizada


publicado por jorge c. às 02:58
link do post | comentar | ver comentários (1) | partilhar

Sexta-feira, 26 de Novembro de 2010
rumba do regresso a casa


publicado por jorge c. às 07:30
link do post | comentar | partilhar

Sábado, 20 de Novembro de 2010
rumbas e retratos


publicado por jorge c. às 13:01
link do post | comentar | partilhar

Domingo, 14 de Novembro de 2010
Todas as rumbas deveriam ser assim

Bastaram dois discos. Estava lá tudo: um manual de cinismo e filosofia de café. A bem dizer, bastou-me uma frase que ouvi na rádio logo após a primeira malha de guitarra. "A man was standing on the top of his head looking down through the ruins of love anda welfare state. Oh, what a mess to contemplate".

Quando estamos no final da adolescência, prontos para deixar de dramatizar (é um processo longo de desmame), estas coisas fazem todo o sentido. Até porque bebemos para isso. É o culto de uma nova forma de inteligência que acabou de encontrar expressão num disco brilhantemente intitulado Fossanova. E é isso mesmo, a sátira cobarde ao nosso drama.

Poucos compreenderam a banda que chegava de fato para brindar a decadência consentida. Belle Chase Hotel foi um fenómeno incompreendido e talvez ainda o seja, hoje, num país que convive mal com a ironia e a genialidade do auto-sarcasmo. Mas quando falamos deste gang de Coimbra, não podemos deixar de lembrar a sua estética e a personalidade descomprometida. Era como uma injecção ingenuamente pretensiosa de história da música.

Que a noite de Sexta-Feira passada seja aquilo que era anunciado logo no início de 1999: um longo e quebrado cabaret.

 



publicado por jorge c. às 01:15
link do post | comentar | partilhar

Sábado, 6 de Novembro de 2010
rumba das doenças


publicado por jorge c. às 11:14
link do post | comentar | partilhar

Segunda-feira, 1 de Novembro de 2010
rumba para celebrar os vivos


publicado por jorge c. às 12:16
link do post | comentar | ver comentários (2) | partilhar

Sábado, 23 de Outubro de 2010
rumba de sábado à noite


publicado por jorge c. às 11:54
link do post | comentar | partilhar

Sábado, 16 de Outubro de 2010
rumba da vulgaridade


publicado por jorge c. às 10:39
link do post | comentar | partilhar

Sábado, 9 de Outubro de 2010
rumba da memória


publicado por jorge c. às 11:06
link do post | comentar | ver comentários (2) | partilhar

Sábado, 2 de Outubro de 2010
rumba óbvia


publicado por jorge c. às 12:50
link do post | comentar | partilhar


Um blog de:
Jorge Lopes de Carvalho mauscostumes@gmail.com
pesquisa
 
arquivos

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

tags

todas as tags

blogs SAPO
visitas
subscrever feeds