Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Manual de maus costumes

Manual de maus costumes

15
Mar11

Por um fio

jorge c.

Vivemos dias extraordinários. Este é o tempo de definirmos o pensamento político contemporâneo. Daí que tenhamos de nos focar naquilo que é o interesse superior do país e não só. A Europa hoje é uma parte fundamental da nossa narrativa política e dela dependemos, tal como ela depende de nós. Os partidos portugueses não podem esquecer isto. A pressa de chegar ao poder é inimiga do interesse nacional. A urgência em derrubar governos não é compatível com soluções imediatas. Daí que seja um pouco triste ver a histeria que por aí anda antes mesmo de terminar o primeiro trimestre.

O que também não pode acontecer é o governo ignorar por completo as instituições democráticas. Se é certo que cada Estado-membro tem de apresentar as medidas de contenção orçamental para os anos seguintes, também se torna claro que uma antecipação dessa apresentação tem de ser devidamente comunicada ao país. Quando isso não acontece a confiança perde-se e dificilmente é recuperada. O governo não é o Estado. O governo representa o Estado.

O que aconteceu nos últimos dias não tem explicação. Se por um lado é verdade que o novo pacote de medidas estava previsto e era do conhecimento de todos que teríamos de o fazer obrigatoriamente em Abril com o propósito de projectar o défice dos anos seguintes, também não deixa de ser verdade que esse esclarecimento nunca foi dado e que o governo, ao antecipar, tinha de o comunicar explicando as razões por que o fazia. Principalmente depois do discurso do Presidente da República e da apresentação da Moção de Censura.

Uma sociedade política não se faz apenas de urgências económicas, mas também de confiança política. Essa confiança já não existe e resta apenas a execução orçamental. Quando assim é temos de ser pacientes. Mas já não podemos ser complacentes com discursos de defesa governamental.

Ontem, José Sócrates fez o seu último discurso de vitimização.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Um blog de:

Jorge Lopes de Carvalho mauscostumes@gmail.com

Links

extensão

  •  
  • blogues diários

  •  
  • media nacional

  •  
  • media internacional

    Arquivo

    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2013
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2012
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2011
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2010
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D