Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Manual de maus costumes

Manual de maus costumes

16
Mai11

Questões de princípio

jorge c.

Há alguns anos que não sei o que é a adrenalina de campanha. Talvez por ter feito muitas desde muito cedo, hoje olho para o período que as envolve e sinto uma certa repulsa. Tudo é excessivo. Mas confesso que gosto de assistir a esse excesso, à perda de discernimento, de razoabilidade e à histeria (individual e colectiva). Gostava, porém, de ser um desses arquivadores que guardam tudo para mais tarde confrontar os seus adversários com as incoerências ou com as atoardas que dizem sem pensar. Sou demasiado preguiçoso para o fazer.

No entanto, nasce por aí um lugar comum no pragmatismo eleitoralista. Diz-se que é perfeitamente natural que nesta disputa politico-partidária ataquemos os nossos adversários e se pegue em qualquer pormenor da sua campanha. Qualquer coisa serve. E quando confrontamos esses fiéis serventes com a sua falta de auto-crítica, por exemplo, é com alguma rapidez que nos respondem com a nossa falta de democracia, que o que queremos é obrigá-los a falar do que nos interessa. O entrincheiramento e a tensão criados por uma ideia errada de debate triunfaram. O princípio que está por detrás da crítica perdeu.

Tudo se prende com questões de princípio, volto a dizer. Se a finalidade da campanha é obter um resultado positivo para o nosso partido de forma a servir o país, então qualquer excesso e gesto relativista é contrário ao interesse geral. Digamos que, em campanha, o interesse do partido parece ser superior ao interesse nacional, aos valores morais e éticos. Podíamos aqui adoptar o adágio dos telhados de vidro. E ainda falta tanto tempo para esta tristeza acabar.

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Um blog de:

Jorge Lopes de Carvalho mauscostumes@gmail.com

Links

extensão

  •  
  • blogues diários

  •  
  • media nacional

  •  
  • media internacional

    Arquivo

    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2013
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2012
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2011
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2010
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D